26/10/2007

Encanto

Brilharia o sol um pouco mais,
Não fora os teus olhos
Tão claros, tão lindos.
Tão dignos de tamanha atenção


Que mesmo o sol com todo seu

Esplendor ocultou-se

Para não perder seu valor.

Diante de ti.


E o vento que por

Capricho ou por paixão

Cuidou de lançar seus

Cabelos aos céus

Como flâmula a tremular.


Tão alvo seu sorriso,

Que não me fora possível

Mesmo em meu abrigo


Conter o desejo de ser seu.

Levando-me a negar-me

O direito de fugir.


Por fim, tua imagem,

Que num misto

De beleza e perfeição,


Fez de mim um homem louco

De amor e perdido de paixão.

2 comentários:

Victor Hugo disse...

Parabéns Amigo!!! Grande POETA!!! Seus Poemas continuam à Flor da Sensibilidade Humana!!! Lindos!!!

Este Poerma é em Nome de nossa Amizade:

Poema da Amizade

Amigo é aquela pessoa que o tempo não apaga,
que a distância não esquece,
que a maldade não destrói.

É um sentimento que vem de longe,
que ganha lugar no seu coração
e você não substitui por nada.

É alguém que você sente presente,
mesmo quando está longe...
Que vem para o seu lado quando você está sozinho
e nunca nega um sentimento sincero.

Ser amigo não é coisa de um dia,
são atos, palavras e atitudes
que se solidificam no tempo
e não se apagam mais.
Que ficam para sempre como tudo que é feito
com o coração aberto.

www.bilibio.com.br/mensagemdetalhe.php?codmsg=276

Dawre disse...

Muito Obrigado meu caro Amigo.

As Pessoas moram anos na mesma rua e não consegue cultivar uma amizade sincera.

Mais uma vez obrigado por se lembrar de mim.

Abraço,felicidade e Sucesso
E Principalmente Deus te abençoe

De Amigo Dawre